segunda-feira, 30 de abril de 2012

Parabéns Suely



Queremos no dia que te pertence, te dizermos que a vida só vale a pena ser vivida, quando somos lembrados pelo que somos, pelo que representamos na vida das pessoas que nos cercam, e hoje nos lembramos de você.

Afinal, você soube conquistar o bem querer de todos que conviveram contigo, e aniversário é uma comemoração que não pode e nem deve passar em branco, devemos pedir a Deus toda paz, serenidade e tranqüilidade, para viver cada instante com alegria e vigor.

Feliz Aniversário à você com todo carinho.
Te desejamos tantas e tantas coisas boas, que expressar através de simples palavras fica até difícil, mas o que importa hoje, é que é o seu dia e devemos agradecer ao Pai Celeste pela sua vida, pelas suas conquistas e pelas vitórias, que tenho certeza ainda irás conseguir.
Sorria e acredite que chegará ao final de sua caminhada com a certeza do dever cumprido.
Feliz aniversário !!!

DE TODOS QUE FAZEM A ACDF.

Política de Inclusão

Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência prevê investimentos federais de R$ 7,6 bilhões até 2014 para ações de educação, saúde, inclusão social e acessibilidade.



"Imagem mostra o cartaz da divulgação do plano nacional dos direitos das pessoas com deficiência: VIVER SEM LIMITES, onde tem 4 pessoas, um cadeirante que segura um cartas com a palavra AUTONOMIA, outra pessoa com deficiência visual que segura o cartas com a palavra OPORTUNIDADE, outra pessoa essa com surdez com o cartaz CONCIENCIA e uma criança segurando o cartaz com a palavra INCLUSÃO "

Foi lançado pelo Governo Federal em 2011, um plano nacional VIVER SEM LIMITES, muitas pessoas ainda não tiveram conhecimento sobre esse planos, principalmente aqui em mossoró, o plano traz políticas de ACESSO A EDUCAÇÃO, SAÚDE, INCLUSÃO SOCIAL, ACESSIBILIDADE. Com investimento de 7,6 milhões de Reais até 2014. O que falta é os governos terem compromisso com as pessoas com deficiência, esperemos que o Conselho das Pessoas com Deficiência de Mossoró, saiba fazer com inteligência que esses recursos sejam empregados em bons projetos. Posto todo o plano aqui para vocês conhecerem. 


PLANO VIVER SEM LIMITES.

O Viver sem Limite tem metas para serem implantadas até 2014 com previsão orçamentária de R$ 7,6 bilhões. As ações previstas serão executadas em conjunto por 15 órgãos do governo federal, sob a coordenação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR). Dados do Instituto Brasileiro de Estatísticas e Geografia (IBGE) de 2010 apontam que 23,91% da população brasileira possuem algum tipo de deficiência, totalizando aproximadamente 45,6 milhões de pessoas.

Segundo a ministra Maria do Rosário, o Viver Sem Limite articula e organiza ações já desenvolvidas no âmbito do governo federal, que foram aprimoradas e fortalecidas para eliminar barreiras e permitir o acesso da população com deficiência a bens e serviços. “É o reconhecimento da responsabilidade do Estado brasileiro, uma responsabilidade irrenunciável”.

Educação - O Plano prevê transporte escolar acessível, que viabilizará o acesso dos alunos com deficiência às instituições de ensino; a adequação arquitetônica de escolas públicas e instituições federais de ensino superior, dotando-as de condições adequadas de acessibilidade; implantação de novas salas de recursos multifuncionais e a atualização das já existentes; e a oferta de até 150 mil vagas para pessoas comdeficiência em cursos federais de formação profissional e tecnológica. Neste eixo, serão investidos, até 2014, R$ 1,8 bilhão.

Saúde - Será investido R$ 1,4 bilhão para ampliação das ações de prevenção às deficiências, criação de um sistema nacional para o monitoramento e a busca ativa da triagem neonatal, com um maior número de exames no Teste do Pezinho. Haverá ainda expressivo fortalecimento das ações de habilitação e reabilitação, atendimento odontológico, ampliação das redes de produção e acesso a órtese e prótese. Também terá reforço de ações clínicas e terapêuticas, com a elaboração e publicação de protocolos e diretrizes de várias patologias associadas à deficiência.

Inclusão Social - Centros de Referência serão implantados com a finalidade de oferecer apoio para as pessoas com deficiência em situação de risco, como extrema pobreza, abandono e isolamento social. A previsão é R$ 72,2 milhões.

Acessibilidade – Este eixo prevê ações conjuntas entre a União, Estados e Municípios, com investimento estimado de R$ 4,1 bilhões. O Programa Minha Casa Minha Vida 2, por exemplo, terá 100% das unidades projetadas com possibilidade de adaptação, ou seja, um milhão e 200 mil moradias que podem ser habitadas por pessoas com deficiência.

Também serão criados cinco centros tecnológicos para a formação, em nível técnico, de treinadores e instrutores de cães-guias em todas as regiões do País. Ações de mobilidade urbana do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e da Copa de 2014 cumprirão os requisitos de acessibilidade, totalizando investimento federal de R$ 30 bilhões.

Para mais informações sobre o Viver Sem Limite, acesse o link:

Pronatec oferece curso de Libras para qualificar os profissionais na Copa 2014


Com o objetivo de fortalecer a competitividade do setor e aumentar a qualidade dos serviços oferecidos aos turistas, o Ministério do Turismo inicia hoje (03/4) as inscrições para o Pronatec Copa: são 32 cursos, além de aulas de inglês, espanhol e libras (língua de sinais), para quem tem 18 anos ou mais. As turmas, presenciais, serão nas 12 cidades-sedes, no entorno dessas cidades e em destinos de visibilidade internacional espalhados pelo país. Veja a listagem das cidades clicando AQUI.

“A qualificação profissional é uma das principais ações do Governo Federal para transformar a Copa do Mundo de 2014 no maior evento de todos os tempos. O Pronatec Copa capacitará não apenas quem já trabalha com o turismo, mas também quem pretende se profissionalizar no setor. Com isso, garantiremos um legado social, de conhecimento e fomento ao setor turístico nacional, que irá permanecer após os megaeventos que o Brasil receberá”, incentiva o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

As inscrições para os 35 cursos poderão ser feitas via site

Para os que tiverem o ensino fundamental incompleto, serão cursos de auxiliar de cozinha, auxiliar de garçom, auxiliar de confeitaria, atendente de lanchonete, camareira, chapista, churrasqueiro, condutor de visitantes, copeiro, garçom básico, cozinheiro industrial, masseiro, mensageiro, monitor ambiental, monitor de recreação, padeiro e confeiteiro, pizzaiolo, recepcionista, recepcionista de eventos, salgadeiro e sushiman.

Já os que tenham ensino fundamental completo, poderão se inscrever nos cursos para agente de informações turísticas e mestre de cerimônias. Já quem tiver o ensino médio incompleto poderá se qualificar como auxiliar de serviços de hospedagem, auxiliar de agenciamento de viagens e recepcionista em meios de hospedagem.

Os interessados com ensino médio completo poderão se capacitar como bartender, condutor de turismo de aventura, organizador de eventos, sommelier e agente de viagens.

E vale lembrar que os alunos com o ensino fundamental completo ou escolaridade superior poderão inscrever-se simultaneamente no curso de capacitação e em um curso de idioma ou de libras.

Com uma média de 160h/aulas (equivalente a quatro meses de duração), o curso será oferecido de forma gratuita e presencial. Cada aluno terá direito a um auxílio estudantil – com alimentação e transporte. Para mais informações, entre em contato pelo e-mail pronateccopa@turismo.gov.br Não perca essa oportunidade. Qualifique-se profissionalmente e faça parte desse time campeão do turismo brasileiro.

domingo, 29 de abril de 2012

Parabéns amiga...

Judivanda da SEMTHAS
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO, HABITAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL




Parabéns por você ser uma pessoa tão especial!!! 
Hoje é dia de festa e alegria. 
Dia de desejar felicidades pelo seu aniversário! 
Aniversário pode ser o momento de reavaliar o tempo vivido. 
Desfrutar o momento presente e presentear nossa alma com sonhos e planos para o futuro. Que a obstinação permeie seus caminhos e a luz divina conduza os seus passos. 
Que esta celebração tenha a presença daqueles a quem você quer bem, com muita alegria no coração! 
Desemos-te ainda, uma vida longa, próspera e feliz! Feliz Aniversário!

De todos que fazem a ACDF.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Banco do Brasil já contratou R$ 1,5 milhão em crédito para compra de bens que facilitam vida de pessoas com deficiência

A linha foi lançada pelo banco em fevereiro deste ano, depois de aprovação do Conselho Monetário Nacional.

O Banco do Brasil emprestou, até o último dia 13 de abril, R$ 1,5 milhão para a compra de bens e serviços que facilitem a vida de pessoas com deficiência. A linha foi lançada pelo banco em fevereiro deste ano, depois de aprovação do Conselho Monetário Nacional.

Entre os bens que podem ser financiados estão cadeiras de rodas (inclusive motorizadas), ampliadores de imagem, computador portátil braille e equipamentos de adaptação para veículos automotores. Para conferir a lista de bens que podem ser financiados, o interessado pode ir a uma agência do banco ou consultar o site http://www.bb.com.br/creditoacessibilidade.

Para ter acesso ao crédito, é preciso ser cliente do banco com limite de crédito aprovado, ter renda mensal bruta de até dez salários mínimos e limite de crédito disponível. A taxa de juros é 0,64% ao mês e o prazo para pagamento vai de quatro a 60 meses. O financiamento pode chegar a até 100% do valor do equipamento que beneficiará a pessoa com deficiência, no valor de R$ 70 a R$ 30 mil.

Antes de contratar o empréstimo, o cliente deve comprar o produto no estabelecimento comercial e pedir a nota fiscal em seu nome. Depois, é preciso levar a nota fiscal na agência para contratar a operação. Além da nota fiscal, é preciso ter em mãos os documentos pessoais como identidade, CPF, comprovante de renda e comprovante de endereço. Segundo o BB, uma dica é pedir desconto na hora da compra do bem, já que será pago à vista.

No último dia 19, o governo publicou no Diário Oficial lei com o valor da subvenção econômica de até R$ 25 milhões por ano para que instituições financeiras oficiais forneçam crédito para pessoas com deficiência. A lei permite ao governo subsidiar empréstimos para que pessoas com deficiência possam adquirir equipamentos, com recursos do microcrédito. Atualmente, os bancos são obrigados a destinar 2% dos depósitos à vista para o microcrédito. Agora, parte dos recursos pode ser destinada a esse tipo financiamento.

Fonte: http://ultimoinstante.com.br/

MISSA DE 30° DIA DO FALECIMENTO DE DONA GERTRUDES


HOJE ACONTECERÁ A MISSA DE 30° DIA DO FALECIMENTO DE DONA GERTRUDES. ELA QUE JÁ FOI ASSOCIADA DA ACDF E ERA MÃE DE MANOEL, ESPOSO DE ELIZINETE, NOSSA SÓCIA. TAMBÉM ERA AVÓ DE HÉRICK E KAWÃ, TIA DE REGINA E DE TEREZINHA, MÃE DE DEDÉ, NOSSO FUNDADOR. A TODOS OS FAMILIARES, FORÇA E FÉ NESSE MOMENTO DE DOR.

 LOCAL: CAPELA DE SÃO FRANCISCO
            PARQUE DOURADO 
HORA: 19HS.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Câmara aprova criação do Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou nesta terça-feira (17), em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 6428/09, do deputado Eduardo Barbosa(PSDB-MG), que institui o Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais (Libras), a ser celebrado anualmente no dia 24 de abril.


O relator, deputado Gabriel Guimarães (PT-MG) defendeu a constitucionalidade da proposta. Ele retirou, no entanto, o dispositivo do texto original que obrigava entidades públicas e privadas a promoverem, nessa data, eventos com a finalidade de valorizar a conquista da liberdade de expressão gesto-visual das pessoas surdas. “Isso violaria o princípio da separação dos poderes, que é uma cláusula pétrea”, explicou o relator.

O projeto segue agora para o Senado, exceto se houver recurso para que seja votado pelo Plenário da Câmara.

Campanha Nacional


O Ministério da Saúde anunciou hoje (24) a meta de imunizar 24,1 milhões de pessoas em todo o país durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, marcada para o período de 5 a 25 de maio. A dose vai proteger também contra a influenza A (H1N1) – gripe suína. A meta representa 80% do público-alvo definido pela pasta, que inclui idosos a partir de 60 anos (20,5 milhões), crianças entre 6 meses e 2 anos (4,3 milhões), grávidas em qualquer período da gestação (2,1 milhões), povos indígenas (586 mil) e trabalhadores de saúde (2,4 milhões).

Cerca de 500 mil presos também devem receber a vacina. Esta será a primeira vez que o grupo será imunizado durante a campanha. Além de doses contra a influenza, os presos vão receber proteção contra a hepatite B, a difteria, o tétano tipo adulto, o sarampo, a caxumba, a rubéola e a febre amarela. Crianças que serão vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Aquelas que já receberam uma ou duas doses da vacina no ano passado deverão receber apenas uma este ano. Os demais grupos deverão tomar dose única.

Ao todo, 65 mil postos e 240 mil profissionais de saúde em todo o país vão distribuir as doses. Serão usados 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais. A data de 5 de maio será o dia de mobilização nacional, em que os postos de saúde funcionarão das 8h às 17h. A expectativa, de acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, é um alto comparecimento da população aos locais de vacinação. Segundo ele, o ministério investiu R$ 260,3 milhões em 33,9 milhões de doses.

Corrida de gigantes pelo ouro do Seridó


A capacidade anual de produção de ouro na Região Seridó é de 5 toneladas e a corrida por tanto ouro já começou. Não é competição para qualquer um. Tem que ter dinheiro e muito. E como este ouro ficou tanto tempo no Seridó sem que os grandes empresários não investisse para extraí-lo? Simples, o preço do outro no mercado internacional era baixo. Além disto, havia outros meios de ganhar muito dinheiro sem fazer esforços: especulando mercados, corrupção, etc, etc. Este jogo perigoso quebrou vários países. Ao quebrar países considerados ricos, o ouro virou moeda valiosa entre os investidores. Quem tinha dinheiro sobrando e um pouco de juízo, investiu em ouro. Daí surgiu interessados em retirar o ouro do subsolo do Seridó e em várias outras regiões do mundo. Como não se trata de negócio fácil e barato, 95% dos brasileiros ficam só olhando. Na corrida pelo ouro do Seridó, se destaca o gigante australiana Crusader, que mostrou interesse ao governo do Estado de investir mais de R$ 400 milhões de dólares.

A Crusader já está reativando a mina São Francisco, em Currais Novos, com o emprego de alta tecnologia e mesmo assim empregando pelo menos 500 pessoas. Ao todo, a região deve receber quase U$ 3 bilhões em investimentos em minas, destacando-se a Brejuí, que fica perto da São Francisco, e Bonfim, na zona rural de Lajes. Outros mineiros menos favorecidos financeiramente também estão atuando na região, extraindo tungstênio, ferro, gema, entre vários tiros de metais. Mas esta corrida pelo ouro no Seridó vai encontrar dificuldades no meio do caminho, porque não temos rodovias, ferrovias e portos adequados para exportação e importação. Esta dificuldade (que já é enfrentada pelas eólicas) não existiria se nossa bancada federal priorizasse o desenvolvimento do Estado e não interesses próprios. Somando tudo isto, é preciso registrar ainda que vivenciamos problema grave de segurança, saúde e educação pública no Rio Grande do Norte, tendo ao fundo um governo que ao invés de resolver os problemas básicos a vida, prefere fazer caixa de R$ 417 milhões só em 2012.

Presidente da Assembleia Legislativa apoia investimentos na Mina Borborema em C. Novos

Ricardo Motta fez discurso elogiando a iniciativa no Seridó
 
O Rio Grande do Norte terá a terceira maior mina de ouro do Brasil. Foi lançado nesta segunda-feira (23), o Projeto Borborema, que consiste na implantação de uma unidade fabril destinada à produção de ouro na Mina Borborema, em Currais Novos. A governadora Rosalba Ciarlini assinou pela manhã um protocolo de intenções com a empresa Cascar Mineração, subsidiária da Crusader, responsável pelas operações.

E o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, prestigiou a solenidade e reforçou o apoio. Para Ricardo, exploração da mina em Currais Novos irá projetar o Rio Grande do Norte para o mundo. “A Assembleia tem sido parceira do RM, aprovando projetos que beneficiam a população. Nossa palavra aqui, hoje, é de total apoio à implantação desta mina que significará a renovação da exploração mineral no estado. Aos senhores representantes da empresa Crusader, digo que podem contar conosco na aprovação de leis que possam facilitar a vida daqueles que vão se instalar no nosso estado”, declarou.

Projeto em Currais Novos vai gerar 1.500 empregos diretos e indiretos movimentando R$ 400 milhões

    Governadora com o diretor Administrativo-Financeiro da Crusader durante solenidade

O projeto consiste em uma unidade fabril destinada à produção de ouro na Mina Borborema, que vai potencializar o setor mineral no Rio Grande do Norte com investimento de R$ 400 milhões e estimativa de gerar 320 empregos diretos e 1.500 indiretos. Além disso, a capacidade anual de produção é de 5 toneladas de ouro, o que representa cerca de 8% da produção nacional
E o diretor Administrativo-Financeiro da Crusader, Ronisdalber da Silva Bragança, elogiou a forma como a empresa foi recebida no Rio Grande do Norte e destacou que “a parceria trará benefícios para todo o estado”. Dentre os pontos citados para atração do projeto ao Rio Grande do Norte, a parceria com o Governo do Estado, a facilidade de logística, a qualidade da jazida e a localização na região Nordeste foram fatores decisivos para a escolha.

Fonte: Marcos Dantas

DISTRIBUIÇÃO DE POLPA DE FRUTA


A ACDF HOJE, DIA 24, RECEBEU AS POLPAS DE FRUTAS DO MÊS DE ABRIL. QUEM AINDA NÃO RECEBEU, GENTILEZA DIRIGIR-SE À SEDE, NO HORÁRIO DAS 7 ÀS 11H E DAS 13 ÀS 17H, HOJE.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Eleitor com deficiência deve informar necessidade especial até dia 9/05

Os eleitores com deficiência física ou com mobilidade reduzida devem ficar atentos ao prazo para que possam informar à Justiça Eleitoral eventuais necessidades especiais de locomoção para ser garantido o acesso à sua seção eleitoral no dia da votação.

O prazo determinado para que qualquer alteração seja feita é até o dia 9 de maio, de acordo com a exigência da Lei das Eleições, que determina o fechamento do cadastro eleitoral em todo país, com 151 dias antes da eleição.

Até esta data, estes eleitores poderão fazer pedido de mudança para seção especialmente adaptada, ou seja, com rampa de acesso, situada em andar térreo, ou ainda seções que possuam urnas com fones de ouvido.

Neste ano, eleitores de todo Brasil irão escolher novos prefeitos e vereadores.

Documentos – Para que a situação seja regularizada, é necessário comparecer ao cartório eleitoral levando um documento pessoal de identificação e comprovante de residência. Devem apresentar o comprovante de quitação do serviço militar os homens maiores de 18 anos que irão tirar o título pela primeira vez.

Fonte: http://www.campograndenews.com.br/

Ministra pede ao TSE mais acessibilidade para eleitores com deficiência.

"Cartz mostra uma foto de uma pessoa numa cadeira de rodas, só aparecendo a roda e sua mão, e a frase: Para votar com acessibilidade, informe sua necessidade."

Brasília – A ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, pediu nesta sexta-feira (20), em reunião com a presidenta do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministra Cármen Lúcia, mais acessibilidade para as pessoas com deficiência nas eleições municipais de outubro. Até o próximo dia 30, o TSE publicará uma resolução com medidas de acessibilidade para o pleito deste ano.
Entre as medidas de acessibilidade que poderão ser adotadas nas próximas eleições estão a adequação arquitetônica definitiva das seções eleitorais, cédulas em braile para cegos, urnas eletrônicas em libras e com áudio discrição, além de recursos de acessibilidade nas campanhas eleitorais veiculadas nos meios de comunicação.
“A gente também considera importante que todas as associações, movimentos e conselhos de direitos das pessoas com deficiência no Brasil acompanhem essa trajetória [da acessibilidade] em suas cidades”, disse a ministra.
O plano Viver sem Limites, lançado no ano passado, prevê a adaptação das escolas para estudantes e para as eleições.
Segundo Maria do Rosário, como as eleições são em outubro, algumas medidas não terão tempo de ser implementadas neste ano.
“Não temos essa ilusão para essas eleições, mas as autoridades eleitorais devem estar atentas, para que, prioritariamente, as pessoas com deficiência não sejam colocadas em salas separadas, mas que o espaço físico [dos locais de votação] seja acessível a todas as pessoas”.
O secretário nacional de Políticas para Pessoas com Deficiência, Antônio José Ferreira, também participou da reunião. Para ele, é necessário construir mecanismos para que além do pleito deste ano, a eleição de 2014, possa ser mais inclusiva.
“Nem todas as pessoas com deficiência estão incluídas [no processo eleitoral] porque ficam fora do ambiente de votação, por causa da acessibilidade arquitetônica e dos conteúdos televisivos das propagandas eleitorais”.
O número de eleitores com necessidades especiais no país é 169.469, segundo o cadastro do TSE. O levantamento do tribunal, feito nas eleições de 2010, mostra que estado de São Paulo é o que tem mais eleitores com deficiência, com 67.967 pessoas aptas a votar que necessitam de algum tratamento diferenciado no dia da eleição.
Fonte:

Guia completo para aquisição de carros com isenção para deficientes.


Carros Descontos e Isenção de ICMS e IPI para Deficientes.


'foto mostra um carro adaptado a cadeirantes, onde um cadeirante sobe em uma plataforma sem ajuda de outra pessoa, lançamento para 2013" 

A ACDF posta aqui, um guia completo sobre aquisição de carro com isenção para pessoas com deficiência, espero que as informações ajude aquelas que desejam adquirir seu carro. Sabemos quanto é difícil para as pessoas com deficiência de Mossoró conseguir a isenção para compra de um carro, talvez por desconhecer os caminhos certos para chegar a compra. Então boa leitura!!

Carros para deficientes. Isenção de IPI, IOF ICMS para Deficientes. Adaptados a venda.
1. Deficiente condutor: Isento de IPI, IOF, ICMS, IPVA e rodízio municipal (deficiência física).
2. Deficiente não condutor: Isento de IPI e rodízio municipal (deficiência física e visual).
3. Deficiente não condutor: Isento de IPI e rodízio municipal (deficiência mental e autismo).

ISENÇÃO DE IMPOSTOS PARA COMPRA DE VEÍCULO 0 KM - CONDUTOR (DEFICIÊNCIA FÍSICA)

1ª ETAPA
 
CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO: O portador de deficiência física deve se dirigir a uma auto-escola especializada. Se já possuir uma habilitação comum, deve-se renova-la junto ao Detran de sua cidade para que conste a observação de carro adaptado ou automático.

2ª ETAPA
 
LAUDO MÉDICO PARA CONDUTOR: O portador de deficiência física deve obter este documento no DETRAN, nele o médico irá atestar o tipo de deficiência física e a incapacidade física para conduzir veículos comuns. Neste documento estará indicados o tipo de carro, características e adaptações necessárias.

3ª ETAPA
 
ISENÇÃO DE IPI E IOF: É necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da Receita Federal mais próxima de sua residência: 
a) Preencher requerimentos de pedido de isenção de IPI fornecidos pela Receita Federal. 
b) Laudo Médico e carteira de habilitação, (duas) cópias autenticadas pelo DETRAN 
c) (Duas) cópias autenticadas por cartório dos seguintes documentos: CPF, RG e comprovante de endereço que demonstre consumo ( luz ou telefone fixo). 
d) 1 (uma) cópia simples das (duas) ultimas declarações de imposto de renda (ano vigente e ano anterior). 
Obs.: Se não for declarante; Apresentar cópia da declaração de Isento (também chamado recadastramento de CPF) ou, se for dependente, levar declaração do responsável legal. 
e) Documento que prove regularidade de contribuição a previdência (INSS). Ex: Holerite (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado) ou no caso de (Autônomo, empresário e profissional liberal) declaração do INSS que demonstre recolhimento mensal chamada de DRSCI obtido pela internet no site www.dataprev.gov.br ou direto em uma agencia da Previdência Social.
Obs.: Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, preencher declaração sob as penas da lei de não contribuinte do INSS. Dica: Para Conseguir os requerimentos de IPI, acessar internet a página da Receita Federal (instrução normativa 607)

4ª ETAPA
 
ISENÇÃO DE ICMS (CONCEDIDA APENAS PARA DEFICIENTES CONDUTORES HABILITADOS):é necessário apresentar os seguintes documentos no posto fiscal da Secretaria da Fazenda da área de sua residência. 
a) Kit de requerimento de isenção de ICMS assinado com firma reconhecida, conseguido no posto fiscal da Secretaria da Fazenda. 
b) 1 Laudo médico (DETRAN) original e carteira de habilitação autenticada pelo DETRAN. 
c) 1 (uma) cópia autenticada por cartório dos seguintes documentos: CPF, RG e comprovante de endereço que demonstre consumo (água, luz ou telefone fixo). 
d) Carta do vendedor, (que será emitida pela montadora que fabrica o carro escolhido). Este documento é fornecido pela concessionária onde será efetuada a compra. 
e) Cópia simples da última declaração de Imposto de Renda (Ano vigente). 
f) Comprovantes de capacidade econômica financeira: Exemplo: Holerite, extrato de poupança, aplicação ou documento do atual veículo que será vendido e usado como parte de pagamento.

5ª ETAPA
 
ISENÇÃO DE IPVA (CONCEDIDA APENAS PARA DEFICIENTES CONDUTORES HABILITADOS):Esta isenção só será encaminhada quando veículo zero ou usado estiver devidamente documentado em nome da pessoa portadora de deficiência física. É necessário encaminhar os seguintes documentos no posto fiscal da Secretaria da Fazenda da área de sua residência: 
a) Preencher Kit de requerimento em 3 vias de isenção de IPVA 
b) Laudo médico (uma cópia autenticada) 
c) 1 (uma) cópia autenticada do RG, CPF, comprovante de residência (água, luz ou telefone fixo), carteira de motorista, certificado de propriedade e licenciamento do veículo frente e verso. (Obrigatoriamente em nome do deficiente) 
d) 1 (uma) cópia da nota fiscal da compra do carro.(Somente para 0km). 
e) Cópia autenticada da nota fiscal do serviço de adaptação do seu veículo (caso seja necessária alguma adaptação). 
f) Declaração que irá possuir apenas um veículo com a isenção de IPVA 
Obs.: No caso de possuir mais de um veículo em seu nome, só será aceita a isenção de apenas um veículo, ficando o demais sujeito ao pagamento normal do tributo. 
Isenção de multas (referente ao rodízio): O portador de deficiência física pode rodar todos os dias com seu veículo, independente da restrição colocada a finais de placas pelo rodízio municipal. Deve-se cadastrar o veiculo ao órgão competente, evitando que as multas sejam cobradas. 
Para São Paulo deve-se cadastrar junto ao seguinte órgão: 
• CET (Companhia Engenharia de Trafego): tel – 3030-2484 / 3030-2485 
a) Preencher requerimento para autorização especial fornecido pela CET. 
b) Copia Autenticada do laudo medico e CNH (DETRAN) 
c) Cópia simples do RG 
d) Cópia autenticada do documento do veiculo CRLV 
e) Encaminhar via sedex ou pessoalmente para Rua do Sumidouro 740 – Pinheiros, São Paulo, cep: 05428-010. Aos cuidados do DSV – departamento de autorizações especiais. 
Dica: Para conseguir o requerimento acessar o site www.cetsp.com.br.

ISENÇÃO DE IPI - NÃO CONDUTOR (DEFICIÊNCIA FÍSICA E VISUAL)
 
É necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da Receita Federal. 
a) Preencher Kit de requerimentos de isenção de IPI fornecidos pela Receita Federal; 
b) Preencher declaração de identificação do condutor autorizado com firma reconhecida em cartório das assinaturas de todos os envolvidos no processo; 
c) 1 cópia autenticada do RG, CPF comprovante de endereço, da pessoa portadora de deficiência física, assim como dos condutores envolvidos. 
Obs.: No caso de pessoa portadora de deficiência menor de 18 anos e dependente dos pais ou responsável, anexar certidão de nascimento, caso não possua RG e CPF.
d) 2 vias do Laudo médico conforme modelo específico dado pela receita federal a ser preenchido por médico ou oftalmologista (para casos de deficiência visual) credenciado ao SUS (Sistema Único de Saúde), especificando código CID de acordo com o grau de deficiência física ou visual. 
e) 1 (uma) cópia simples da Ultima declaração de imposto de renda (ano vigente), e seu respectivo recibo de entrega. 
Obs.: Se não for declarante; Apresentar cópia da declaração de Isento (também chamado recadastramento de CPF ) ou, se for dependente ,levar declaração do responsável. 
f) Documento que prove regularidade de contribuição a previdência (INSS). Ex: Holerith (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado) ou no caso de ser Autônomo ou possuir empresa no nome,necessitará de certidão negativa de regularidade de contribuição para o INSS . Conseguido com seu contador ou pelo site www.dataprev.gov.br (basta informar o NIT (nº de inscrição do trabalhador)) 
Obs.: Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, preencher declaração de não contribuinte do INSS fornecido pela Receita Federal.

ISENÇÃO DE IPI - NÃO CONDUTOR (DEFICIÊNCIA MENTAL SEVERA OU PROFUNDA E AUTISMO)
 
É necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da Receita Federal. 
a) Preencher Kit de requerimentos de isenção de IPI fornecidos pela Receita Federal; 
b) Preencher declaração de identificação do condutor autorizado com firma reconhecida em cartório das assinaturas de todos os envolvidos no processo; 
c) Curatela do responsável no caso de deficiente maior de 18 anos, que não possua capacidade jurídica. 
Obs.: A curatela trata-se de um documento emitido por um juiz de direito que concede responsabilidade jurídica sobre o deficiente mental. 
d) 1 cópia autenticada do RG, CPF comprovante de endereço, da pessoa portadora de deficiência física, assim como do curador eleito e dos condutores envolvidos. 
Obs.: No caso de pessoa portadora de deficiência menor de 18 anos e dependente dos pais ou responsável, anexar certidão de nascimento, caso não possua RG e CPF. 
e) Laudo médico conforme modelo específico fornecido pela receita federal a ser preenchido por médico e psicólogo, (para casos de deficiência mental) credenciado ao SUS (Sistema Único de Saúde), especificando código CID de acordo com o grau de deficiência mental severa ou profunda e autismo. 
f) 1 (uma) cópia simples da última declaração de imposto de renda (ano vigente), e seu respectivo recibo de entrega de todas as pessoas envolvidas no processo.
Obs.: Se não for declarante; Apresentar cópia da declaração de Isento (também chamado recadastramento de CPF ) ou, se for dependente ,levar declaração do responsável. 
g) Documento que prove regularidade de contribuição a previdência (INSS). Ex: Holerith (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado) ou no caso de ser Autônomo ou possuir empresa no nome, necessitará de certidão de regularidade de contribuição para o INSS . Conseguido com seu contador ou pelo site www.dataprev.gov.br (basta informar NIT (nº de inscrição do trabalhador)
Obs.: Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, preencher declaração de não contribuinte do INSS.

OBSERVAÇÕES:
- Caso o requerente pretenda efetuar no veículo a ser adquirido as adaptações necessárias a dotá-lo das características especiais adequadas para o seu uso, deverá apresentar, juntamente com o requerimento, termo de responsabilidade em três vias, comprometendo-se a remeter à unidade da Secretaria da Receita Federal e ao revendedor autorizado, no prazo de 180 dias, a contar da data da aquisição, cópia autenticada do registro de licenciamento do veículo, do qual conste que este possui as mencionadas características especiais.
- O não cumprimento das obrigações assumidas nos termos de responsabilidade referidos nos itens anteriores, sujeitará o adquirente ao pagamento do tributo dispensado e demais encargos.
- Para o DEFERIMENTO do pedido é necessário que o contribuinte não apresente pendências relativas a Pessoa Física junto à SRF.

PENALIDADE
 
A aquisição do veículo com o benefício fiscal por pessoa que não preencha as condições estabelecidas na Instrução Normativa SRF n°220 de 10 de outubro de 2002 , assim como a utilização do veículo por pessoa que não seja portadora de deficiência física, sujeitará o adquirente ao pagamento do tributo dispensado, acrescido de atualização monetária, juros de mora e multa de mora ou de ofício, nos termos da legislação vigente, sem prejuízo das sanções penais cabíveis.

COMPETÊNCIA PARA DEFERIMENTO
 
A competência para reconhecimento da isenção é do Delegado da Receita Federal ou do Inspetor da Receita Federal de Inspetoria de Classe "A" da jurisdição do domicílio interessado, que poderão subdelegá-la a seus subordinados.

ALIENAÇÃO DO VEÍCULO
 
A alienação de veículo adquirido por deficiente físico com o benefício da isenção de IPI, se efetuada antes de transcorridos três anos de sua aquisição, dependerá de autorização da Secretaria da Receita Federal, que será concedida se comprovado que a transferência de propriedade dar-se-á a pessoa física que satisfaça os requisitos para o gozo da isenção.

A Secretaria da Receita Federal poderá também autorizar a transferência de propriedade do veículo a pessoa física que não satisfaça os requisitos estabelecidos para a isenção. Neste caso, o interessado deverá apresentar DARF comprobatório do pagamento do IPI anteriormente dispensado, dos acréscimos legais cabíveis, além de cópias das Notas Fiscais emitidas pelo estabelecimento industrial ou equiparado a industrial e pelo distribuidor.
O interessado na alienação do veículo poderá obter junto ao distribuidor autorizado cópia da Nota Fiscal emitida pelo fabricante.

Não se considera alienação a alienação fiduciária em garantia do veículo adquirido pelo beneficiário da isenção, nem a sua retomada pelo proprietário fiduciário em caso de inadimplemento ou mora do devedor.
Considera-se alienação, sendo alienante o proprietário fiduciário, a venda efetuada por este a terceiros, do veículo retomado, na forma prevista pelo art. 66, § 4º, da Lei nº 4.728, de 14 de julho de 1965, com a redação dada pelo art. 1º do Decreto-lei nº 911, de 1º de outubro de 1969.

MUDANÇA DE DESTINAÇÃO DO VEÍCULO

Não se considera mudança de destinação a retomada do veículo pela seguradora, quando ocorrido o pagamento de indenização em decorrência de furto ou roubo, o veículo furtado ou roubado for posteriormente encontrado;
Considera-se mudança de destinação se, no caso do item anterior, ocorrer:

a) a integração do veículo ao patrimônio da seguradora;

b) sua transferência a terceiros que não preencham os requisitos previstos na legislação, necessários ao reconhecimento do benefício;

Considera-se data de aquisição a da emissão da Nota Fiscal de venda ao beneficiário, pelo distribuidor autorizado.

CARACTERÍSTICAS DA NOTA FISCAL

A saída do veículo do estabelecimento industrial dar-se-á da seguinte forma:
I - com isenção do IPI, em se tratando de veículo que já apresente as características especiais adequadas às condições físicas do adquirente;

II - com suspensão do IPI, em se tratando de veículo sujeito à posterior adaptação em oficina especializada, caso em que a isenção do imposto ficará condicionada a que o veículo, antes de licenciado pelo órgão competente, seja adaptado para utilização pelo beneficiário.


Os estabelecimentos industriais ou equiparados a industrial somente darão saída ao veículo com isenção ou suspensão do imposto quando de posse da autorização da Secretaria da Receita Federal (ver no item "Procedimentos", neste menu, a situação descrita "No caso de Deferimento").

OBSERVAÇÕES:
- No caso de saída com isenção, deverá ser verificado se as características especiais do veículo correspondem àquelas descritas no laudo de perícia médica.
- Nas Notas-Fiscais de venda do veículo, tanto do fabricante para o distribuidor, como deste para o consumidor final, deverá ser inserida, obrigatoriamente, uma das seguintes declarações:
"ISENTO DO IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS
- Lei nº 8.989, de 1995" , no caso de saída de veículo que já apresente as características especiais adequadas às condições físicas do adquirente, ou
"SAÍDA COM SUSPENSÃO DO IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS
- Lei nº 8.989/95, quando se tratar de saída de veículo sujeito a posterior adaptação em oficina especializada.

PROCEDIMENTOS NO CASO DE DEFERIMENTO

A autoridade da Secretaria da Receita Federal, se deferido o pleito, emitirá autorização, em três vias, no próprio requerimento, para que o interessado adquira o veículo com isenção ou suspensão do imposto.
As duas primeiras vias serão entregues ao contribuinte mediante recibo aposto na terceira via, que ficará no processo.

As duas vias entregues ao requerente serão por este encaminhadas ao concessionário, com a seguinte destinação:

- a primeira via (com cópia do laudo de perícia médica e do termo de responsabilidade, se for o caso), será remetida pelo distribuidor autorizado ao fabricante;

- a segunda via permanecerá em poder do distribuidor.

OBSERVAÇÕES
- O distribuidor autorizado deverá enviar, pelo Correio ou FAX à autoridade que reconheceu o benefício, até o último dia do mês subseqüente ao da emissão, cópia da Nota Fiscal relativa à aquisição.

- Para o DEFERIMENTO do pedido é necessário que o contribuinte não apresente pendências relativas a Pessoa Física junto à SRF.

NO CASO DE INDEFERIMENTO

O indeferimento do pedido será efetivado em despacho decisório fundamentado.
O requerimento apresentado pelo contribuinte, juntamente com as cópias dos demais documentos, deverão ser anexados ao processo, sendo que os respectivos originais serão devolvidos ao interessado no ato da ciência do indeferimento do pleito.

Se for de interesse do contribuinte, caberá, no prazo de trinta dias contados da ciência do despacho respectivo, a apresentação de contestação endereçada ao Delegado da Receita Federal de Julgamento a que o requerente estiver jurisdicionado.

LEGISLAÇÃO APLICADA

IN SRF 220, de 10 de outubro de 2002. Dispõe sobre a aquisição de automóveis com isenção do IPI, por pessoas portadoras de deficiência física.Ficam revogadas as Instruções Normativas SRF 2 de 2 de Março de 2000 e nº 88 de 08 de setembro de 2000'Lei nº 10.182, de 12 de fevereiro de 2001 http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/Leis/2001/lei10182.htm (DOU 14/02/2001). Restaura a vigência da lei 8989/95 até 31 de dezembro de 2003 e amplia os critérios de isenção do IPI na aquisição de veículos movidos a qualquer tipo de combustível, para os deficientes físicos. 
Isenção de I.C.M.S.:

CONVÊNIO ICMS 93, de 10 de dezembro de 1999 
Altera o Convênio ICMS 35/99, de 23/7/99, que concede isenção às saídas de veículos destinados a pessoas portadoras de deficiência física. O Ministro de Estado da Fazenda e os Secretários de Fazenda, Finanças ou Tributação e o Gerente de Receita dos Estados e do Distrito Federal, na 96ª reunião ordinária do Conselho Nacional de Política Fazendária, realizada em Brasília, DF, no dia 10 de dezembro de 1999, tendo em vista o dispositivo na Lei Complementar nº 24, de 7 de janeiro de 1975, resolvem celebrar o seguinte:

CONVÊNIO
 
Cláusula primeira - Passa a vigorar com a seguinte redação:
Cláusula primeira do Convênio ICMS 35/99, de 23 de julho de 1999:
"Ficam isentas do ICMS as saídas internas e interestatuais de veículo automotor novo até 1600 cc que se destinar a uso exclusivo do adquirente, paraplégico ou portador de deficiência física, impossibilitado de utilizar o modelo comum, nos termos estabelecidos na legislação estadual." 
Cláusula segunda - Este convênio entra em vigor na data da publicação de sua ratificação nacional. 
Informações para ter isenção de impostos na compra de carro Zero quilometro:
Isenção de ICMS
(Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços)

*Apresentar os seguintes documentos no Posto da Secretaria Estadual da Fazenda mais próximo: 
1) Requerimento de Isenção de ICMS (pode conseguir no próprio Posto Fiscal da Secretaria da Fazenda ou junto à concessionária)
2) Laudo médico: uma cópia autenticada e o original
3) Uma cópia autenticada dos seguintes documentos:
3.1) CIC
3.2) RG
3.3) Comprovante de residência (conta de luz ou gás)
3.4) Carteira Nacional de Habilitação
4) Carta de Repasse de Tributos da Montadora (documento fornecido pela concessionária onde a compra foi efetuada)

Informação útil:
Para não ter que pedir várias vezes o Laudo Médico tire várias cópias autenticadas. O original vai ficar no posto fiscal do ICMS, mas o portador de deficiência vai precisar de cópias para pedir isenção de IPVA também. Caso o deficiente não possua carteira de habilitação ainda o procedimento é o mesmo para solicitar isenção de IPI.

23 de Abril - Dia Nacional da Educação para surdos.

" imagem mostra o alfabeto e números, configurado por mãos, conhecido como LIBRAS, Linguá Brasileira de Sinais "

Hoje é comemorado o Dia Nacional da Educação para o Surdo, por isso o Fórum de Mulheres com Deficiência de Mossoró e Região, quer nesse espaço, parabenizar a todos os professores, interpretes e instrutores de libras, pelo trabalho e dedicação a educação dos jovens e crianças surdas. Em Mossoró temos o Centro de Apoio ao Surdo - CAS, que hoje faz um trabalho interligado com as escolas regulares e oferecem cursos aos professores, tando das redes públicas de ensino com particulares, assim como aos funcionários dos vários setores da sociedade.

Inserir o aluno com deficiência auditiva no ensino regular é valorizar a diversidade humana e gerar uma vida comunitária. Para a criança, surda ou não, o desenvolvimento das suas capacidades linguísticas, emocionais e sociais é uma condição importante para o crescimento dela como ser humano.
Todo 23 de abril comemora-se o Dia Nacional da Educação para os Surdos. A linguagem é essencial para a vida em sociedade e é através dela que partilhamos nossas emoções, ideias e experiências.

O aluno com deficiência auditiva têm mais dificuldades no aprendizado do ensino regular, eles se comunicam por meio da língua gestual e compreendem apenas fragmentos das frases, na linguagem de sinais há variações linguísticas por conta do regionalismo ou sotaques e não se usa os artigos, portanto a escrita deste aluno também é diferente e implica no conhecimento de uma nova língua.

Como ferramenta de ensino para essas crianças com necessidades especiais, já existem livros didáticos e histórias infantis em CD Room que apresentam um intérprete traduzindo cada palavra ou desenho. Nos jogos educativos, como o da memória por exemplo, o aluno vira a peça que tem uma figura e depois tem que achar a outra peça que mostre o gesto em libras que representa aquela imagem.

Para ajudar a incluir esses alunos surdos no processo educativo podemos começar aprendendo o alfabeto e os numerais em libras.

fonte:http://maringa.odiario.com/blogs/odiarionaescola/2012/04/23/dia-nacional-da-educacao-para-surdos/

ELEIÇÕES DA FENADE

A PRESIDENTA DA ACDF, SRA. MARIA ELIZABETE FERNANDES DE PAIVA ALVES (BETINHA) E O MEMBRO DO CONSELHO FISCAL, SR. WALFREDO LUIZ GALVÃO, PARTICIPARAM DA ELEIÇÃO DA FENADE: FEDERAÇÃO NORTE-RIOGRANDENSE DE ENTIDADES DE DEFICIENTES, EM NATAL-RN, DIA 21 DE ABRIL. 


FOI ELEITO PARA O TRIÊNIO 2012/2015, O SR. JOSÉ ODON ABDON. A ELE OS PARABÉNS DE TODOS QUE FAZEM A ACDF - ASSOCIAÇÃO CURRAISNOVENSE DE DEFICIENTES FÍSICOS.

sábado, 21 de abril de 2012

Eleições da FENADE


        A Federação Norte-Rio-Grandense de Associações de Deficientes - FENADE, estará realizando hoje Assembléia Geral Ordinária para eleição da Diretória Executiva na data 21/04/2012, no horário de 9h ás 13h, conforme artigo 9º e 32º do estatuto social da referida entidade:


Francisca Lúcia Aquino de Paula
Presidente da FENADE

sexta-feira, 20 de abril de 2012

EXEMPLO DE VIDA: Menina que nasceu sem as mãos ganha concurso de caligrafia nos EUA



Uma menina de 7 anos que nasceu sem as mãos ganhou nesta quarta-feira (18) um prêmio de caligrafia nos Estados Unidos. Annie Clark, que estuda em uma escola da região de Pittsburgh, foi a primeira ganhadora da premiação Nicholas Maxim, concedida por uma editora. Além de escrever, a garota também aprendeu a pintar,desenhar e colorir. Annie também nada, se veste, come  e abre latas de refrigerante sozinha.
A menina, que também consegue usar o iPod touch e computadores sem ajuda, quer escrever um livro sobre animais no futuro. Annie foi adotada por Tom e Mary Ellen Clark e tem oito irmãos –cinco deles, adotivos. Ela, assim como os irmãos, são chineses. Quatro dos adotivos têm deficiências que afetam as mãos ou os braços. Outras duas irmãs de Annie, Alyssa, 18, e Abbey, 21, têm síndrome de Down. “Nós não estávamos procurando adotar crianças com necessidades especiais, mas foi o que aconteceu”, disse Mary Ellen. “Essa foi a família que Deus quis que tivéssemos.”

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Parabéns...

Irmã Ananilia


A natureza segue seu curso e assim vamos seguindo em frente no mesmo ritmo!

Hoje o dia é todo seu, receba os nossos infinitos votos e desejos de um aniversário maravilhoso e tranqüilo, deixando a alegria invadir sua vida, tomar conta dos seus sonhos e alargando seus horizontes.

Nós acreditamos que todos os nossos caminhos nos levam para conquista maior, queremos que os belos acontecimentos te surpreendam a cada dia, para que sintas o valor infinito e maravilhoso de viver, desta forma caminhamos para frente na linha do horizonte em direção a luz da felicidade.

Hoje é o seu aniversário um dia para marcar a sua vida, seus momentos e seus instantes. Os amigos são as molas propulsoras que nos impulsionam as conquistas!!!

Nós queremos muito que você seja feliz em todas as coisas que se dispuser a realizar. Parabéns e muitas felicidades, hoje, amanhã e sempre!!!

Com Carinho de todos que fazem a ACDF.

Irmã Ananilia faz Aniversario de 80 anos e convida todos para a missa de ação de graça pelos 80 anos de Vida.
Local: Patio da Familia (CIAC)
Hora: 8:30
Dia: 24/04/2010
Celebrate: Dom Delson (Bispo Diocesano)

Conferência da Pessoa com Deficiência será: Dia 10 de maio

Foi convocada a II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a ser realizada no dia 10 de maio de 2012, no CCI -
Centro de Convivência de Idosos “Tereza Bezerra Salustino”.

O tema central: “Um Olhar através da Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência da ONU, novas perspectivas e desafios”.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Peço Desculpas pelo atraso mas o desejo de saúde, felicidade e sucesso nas suas vidas é o mesmo. 

HOJE E SEMPRE.

01/04 - Marinalva Martins (Presidenta da CDL)
06/04 - Marilene da Silva Oliveira (Associada)
06/04 - Rádio Ouro Branco
08/06 - Renata (Voluntária da ACDF)
10/04 - Fátima Othon (APADEVIS)
10/04 - Marizete da Silva (Associada)
11/04 - Eliara Sandrine (Associada)
11/04 - Judenildo Kelly (Presidente da TV COM/Univ.)
14/04 - José Alves da Silva (Associado)
14/04 - D. Sílvia Jatobá (Esposa de Siderley da Sidy's)
15/04 - Herick (Associado)
17/04 - Damião Vicente (Associado)
18/04 - João Batista (Associado)  

De todos que fazem a ACDF
1001 Felicidades...